Mrs. Kim e Mayweather envolvidos?

Judicialmente, risos. O boxeador Floyd Mayweather e a bilionária Kim Kardashian estão sendo processados por um suposto esquema ilegal de supervalorização de uma criptomoeda pouco conhecida — e pra lá de suspeita — no ano passado.

Explicando melhor… Kim e Floyd supostamente utilizaram suas redes sociais para divulgar uma moeda chamada EthereumMax (EMAX), influenciando no preço desse ativo apenas para vendê-lo posteriormente — o famoso pump and dump.

A ação judicial pretende responsabilizar Kim, Mayweather e outros supostos envolvidos pelo prejuízo causado a todos que compraram tokens de EthereumMax entre 14 de maio de 2021 e 17 de junho de 2021 — durante a alta artificial em verde.

Traduzindo o gráfico

Depois da divulgação das estrelas, a moeda se valorizou rapidamente, mas perdeu 97% de seu valor desde então, e, por isso, os investidores se sentiram prejudicados. Kim postou sobre a EMAX em seu Instagram, e Floyd a promoveu em uma de suas lutas.

Zoom out: O hype dos criptoativos pode gerar lucros, mas também atrai muitos salafrários e aproveitadores. Não que seja o caso, mas em tempos de tanta influência digital, é bom sempre estar atento a suas fontes e gurus.

Uma pesquisa recente mostrou que investimentos em criptomoedas e ativos digitais serão, de longe, a principal ameaça aos investidores. Clique e aprofunde.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

Dinamarca volta ao antigo normal

Que marco. Em um momento de recorde de casos de COVID, a Dinamarca resolveu fazer o contrário do esperado, suspendendo as restrições

DICAS

Chegou a hora de curtir

Chegou a sexta-feira… Tem que respeitar o momento do descanso. Tem hora pra tudo e esperamos que você tire seu tempo