O principal programa da TV brasileira 📺

Jamais julgue um livro pela capa. Antes que você diga algo como “BBB é fútil” ou “esse programa não agrega nada”, vamos precisar começar a edição de hoje com um pouquinho de agressividade: sua opinião não importa nem um pouco — e você já vai entender o motivo.

  • Fato é: o Big Brother Brasil é o programa mais importante do país — tanto em audiência, quanto em questões financeiras, que entraremos daqui a pouco.

Por que o BBB é relevante? 📢

O reality gera muito conteúdo, por muito tempo, que é do interesse de uma parcela significativa da população. Pra você ter uma ideia, no ano passado, foram 40 milhões de espectadores diários.

Dessa forma, não dá pra negar a realidade: independente de qualquer opinião, as pessoas gostam — ou melhor, AMAM — o programa, e estarão ligadas em tudo o que acontecerá no reality durante seus 95 dias de duração.

  • Você vai ver isso na prática — se é que já não está vendo. Durante os próximos 3 meses, espere seus feeds das redes sociais lotados de fofocas e acontecimentos do BBB. risos.

Essa enorme audiência faz com que a Globo possa cobrar valores altíssimos por publicidade. Veja como o preço da cota mais cara de patrocínio vem crescendo:

O modelo de negócio do BBB 💰

Da mesma forma que veículos de mídia, em geral, têm a publicidade como principal fonte de receita, o BBB é um programa que monetiza principalmente através de anúncios, com destaque para as cotas de patrocínio vendidas — cujo valor só aumentou nos últimos anos.

  • No BBB de 2020, foram vendidas 6 cotas de R$ 42 milhões. Desde lá, o programa mais do que dobrou o valor arrecadado através da venda de cotas de patrocínio. O carro-chefe da Rede Globo não está de brincadeira.

Os números não mentem, e não há como negar que a relevância do Big Brother é enorme. Mas, como os anúncios são bem caros, talvez você esteja se perguntando…

Vale a pena o preço? 🤔

Aparentemente, sim. Todos os 8 patrocinadores que compraram cotas do BBB do ano passado renovaram nesta edição. Não por acaso, o programa aumentou o número de cotas de patrocínio — resultando no maior plano comercial da história do reality —, e outras empresas se juntaram a esse grupo. Esses são os anunciantes do BBB22:

Além disso, o programa também possui cotas “dinâmicas” e “extra”, que são mais baratas e vendidas para marcas que buscam aparecer em festas, provas e ações individuais. A edição deste ano contará com empresas como Coca-Cola, 99, Doriana e Fiat, além de outras.

Como se não bastasse, há ainda os intervalos comerciais. Uma inserção de apenas 30 segundos na Globo, nas pausas do reality, sai por mais de R$ 500 mil. Em outras palavras, com apenas 3 comerciais já é possível pagar o prêmio do vencedor, que é de R$ 1,5 milhão.

O valor do prêmio é baixo? 📉

Considerando que a quantia não é reajustada há 12 anos, e que, nesta edição, a emissora já garantiu um faturamento de ao menos R$ 600 milhões apenas em cotas fixas de publicidade, pode parecer que sim.

  • Por outro lado, o maior atrativo em participar do programa — principalmente pra quem já possui uma condição financeira boa — vale mais do que dinheiro: uma quantidade absurdamente grande de mídia, que pode ser transformada em muito, muito dinheiro.

“Muito dinheiro” quanto? 💸

A Juliette, que venceu a edição do ano passado, ganhou 33 milhões de seguidores no Instagram desde então, e cobra cerca de R$ 400 mil para divulgar uma marca em seus stories.

Quer um exemplo deste ano? Um dos participantes do BBB22, que era anônimo antes de ter sua presença divulgada, ganhou mais de 2 milhões de seguidores no Instagram antes mesmo do início do reality.

Takeaway 🦄

Se você trabalha com marketing ou comunicação, lidando com clientes, é importante ter ao menos uma noção do que está acontecendo na casa mais vigiada do Brasil, pois tem tudo a ver com a cultura e as conversas do país.

  • Na última edição falamos sobre a importância das marcas se inserirem na cultura e nas conversas e se adaptarem ao público. Se você perdeu, veja aqui.

Além do mais, agora que você entendeu o tamanho do impacto que sua marca pode gerar por patrocinar o BBB, temos uma boa notícia: uma das cotas “Big” ainda não foi vendida. Talvez ainda dê tempo de negociar com o Boninho. risos.

O único problema é que R$ 92 milhões é um valor proibitivo para a maioria das empresas. A solução? Anunciar com a gente (risos) — é muito mais barato e os resultados também podem ser fantásticos. É só clicar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

As melhores bizcities da África

Muitas vezes, no senso comum, vemos o estereótipo de que a África não está conectada à inovação e ao mundo de negócios —