Morando em um Airbnb

Walk the talk. Essa é uma expressão americana que quer dizer algo como “viva de acordo com o que você prega” e representa bem o novo plano do CEO e fundador do Airbnb, Brian Chesky.

O empresário, que tem uma fortuna próxima de US$ 12,5 bilhões, anunciou em seu Twitter ontem que vai viver como uma espécie de nômade, se hospedando em diferentes casas do Airbnb pelo mundo, trocando de lugar a cada duas semanas.

O motivo dessa aventura?

Provar o conceito de que a pandemia mudou para sempre a forma como as pessoas viajam, começando pelo seu próprio exemplo e utilizando dados para reforçar:

  • De julho até setembro, 1 a cada 5 reservas do Airbnb foi feita para hospedagens de um mês ou mais — o que era incomum antes da pandemia;
  • No mesmo período, quase metade das reservas foi feita para mais de uma semana — o que também não se via antigamente.

Na visão de Brian, 2022 é o ano em que as pessoas mais vão viajar para lugares para passar semanas, meses e temporadas, ao invés de fazerem isso apenas nas férias do trabalho. Veja o raciocínio completo aqui.

Zoom out: Espere uma melhor acomodação em suas próximas viagens com o Airbnb, afinal, se o dono vai viver a experiência na prática, é bem provável que ele encontre pontos de upgrade na experiência.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ