Os chineses não querem ter filhos

Dado histórico. Depois de muitos anos adotando medidas para conter a natalidade, o país mais populoso do mundo parece não precisar mais se preocupar com o nascimento de novos bebês.

O problema agora é outro. Com o aumento da expectativa de vida, cresce o número de pessoas idosas demais para trabalhar. Ao mesmo tempo, com a queda da taxa de natalidade, diminui o número de pessoas com idade ativa para entrarem no mercado de trabalho.

Na prática… Com a situação, pode faltar mão de obra no país, prejudicando o crescimento econômico e diminuindo a arrecadação de impostos — essencial para sustentar os vovôs que não conseguem mais trabalhar.

Para conter a situação, as autoridades adotaram as seguintes medidas:

  1. Relaxando a famosa política do filho único — implementada nos anos 70 para conter a natalidade —, em 2016, o governo liberou aos casais terem 2 filhos e, ano passado, até 3.
  2. Também ofereceram incentivos às famílias com filhos pequenos, como melhorias no ensino infantil e até proibição de aulas particulares com fins lucrativos.

Zoom Out: Alguns especialistas afirmam que o país mais populoso do mundo está entrando em uma crise demográfica e que 2021 entrará para a história como o último ano em que a China viu o crescimento populacional. Já imaginou?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

CHAMPS

A primeira parte já foi

As competições sul-americanas tiveram os primeiros jogos do mata-mata nesse meio de semana. Com jogos cheios de situações interessantes, foi estabelecida uma marca incrível e

CHAMPS

A maior competição do ano

A rainha das provas do ciclismo começa hoje, em Copenhagen. O Tour de France é a maior competição do calendário do mundial, aliando glamour,

CHAMPS

Alívio no meio do furacão

A crise financeira ficou tão fora de controle, que o Barcelona teve que ver o maior jogador da sua história ir embora.

CHAMPS

Onde tudo começou

Nesse final de semana, acontecerá a nona etapa da Fórmula 1 em 2022, com o GP da Inglaterra. O circuito escolhido

MUNDO

Sinal de alerta nos Estados Unidos

Os economistas estão atentos. Foram divulgados, ontem, os gastos dos consumidores dos EUA em maio, trazendo más notícias — o PIB da maior economia