Atualizações da COVID-19 por aqui 🦠

Nas últimas 24 horas, um novo recorde de casos foi registrado por aqui: 298.408No mesmo dia, as mortes — que têm crescido incontestavelmente menos que os casos positivos — foram 1.041.

  • Com os novos índices, tanto a média móvel de óbitos quanto a de casos subiram, chegando a, respectivamente, 702 e 189.526.

Esse é a maior média de casos até o momento. A de mortes, por outro lado, equivale a menos de 1/4 da maior que tivemosde 3.125 óbitos por dia.

Ocupação dos leitos 🛏️

Nove estados estão com mais de 80% de ocupação dos leitos de UTI. Porém, como explicado por pesquisadores da Fiocruz, as hospitalizações subiram, mas a grande razão da situação parece ser a diminuição do número de leitos disponíveis.

  • Para comparar: Mato Grosso do Sul está com ocupação de 103% nos seus 156 leitos disponíveis, mas tinha 607 no ano passado — na época, a ocupação seria de 26,5%.

A interiorização da doença 🤧

Os pesquisadores estão alertando para a interiorização da Ômicron — quando a doença vai para as cidades menores —, já que algumas capitais estão vendo estabilidade ou mesmo queda nas taxas de ocupação. Que passe logo, no Brasil todo!

A linha de frente 🩺

Segundo a Associação Médica Brasileira, com o avanço da Ômicron, 87,3% dos médicos brasileiros contraíram COVID nos últimos dois meses.

Um horizonte mais positivo 🙏

Segundo a Abrafarma, a taxa de testes positivos de COVID feitos em farmácia caiu 15,7% na última semana de janeiro, o primeiro recuo desde novembro.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar