Privatização da Eletrobras cada vez mais próxima

Menos uma etapa. O Tribunal de Contas da União deu, ontemo primeiro aval para o processo de privatização da Eletrobras, colaborando com o governo para que tudo esteja concluído até maio.

O que é esse aval? Basicamente, a decisão dessa terça-feira permite a continuidade das etapas necessárias para realizar a operação. Ou seja… “Deixa a coisa andar”.

  • Um dos pontos analisados para o aval foram os valores envolvidos, como o bônus que a empresa terá que pagar à União — depois de privatizada — pela renovação dos contratos das 22 usinas hidrelétricas da empresa.

A avaliação é que a Eletrobras privatizada deverá pagar R$ 67 bilhões, divididos entre a União, obrigações de investimento e a Conta de Desenvolvimento Energético.

Os próximos passos: Na segunda etapa, que deve acontecer em março, os ministros vão estudar o modelo de venda proposto. A ideia é que a Eletrobras se torne uma “corporation”, que nada mais é que uma empresa privada sem controlador definido.

Para isso, ações da companhia serão ofertadas na Bolsa, de modo que a União passe a ter em torno de 45% do capital votante. Para comparar, hoje, são 70%.

E por falar em bolsa… 📊

Mesmo a decisão acontecendo à tarde, os papéis da companhia subiram mais de 6% ontem. O Ibovespa, como um todo, se valorizou 0,82%, aos 114.828 pontos. O dólar, enquanto isso, caiu 0,75%, agora cotado a R$ 5,18.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ