Maluma virou dono da Rappi?

Ok, nós forçamos. Dono não — acionista. A Rappi, unicórnio americano das entregas, anunciou uma parceria e tanto com o cantor Maluma, uma das maiores estrelas musicais da América Latina.

Essa estratégia é conhecida como Media For Equity — uma parte fornece mídia para alavancar e dar força à empresa, e a outra “paga” com participação no negócio.

  • Muitas empresas têm ido nessa linha… Outros dois exemplos são o de Paolla Oliveira com a Lilly e o piloto Perez com a Kavak.

O fit cultural: Tanto a Rappi como o Maluma são colombianos. Segundo o CEO do unicórnio, ambos têm a missão de gerar desenvolvimento econômico na América Latina e inspirar muitos jovens nesse processo.

Mas o cantor de Córazon vai trabalhar pra Rappi? Trabalhar não, mas ele estará envolvido na área criativa, visual e na comunicação como um todo — artista né… risos.

No final das contas, é uma marca pessoal se unindo a uma corporação — que, claro, também traz riscos. Afinal, as ações de Maluma podem agora ser associadas à Rappi.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar