Entrada de dinheiro estrangeiro na Bolsa bate recorde

Inflação crescente, perspectivas não tão boas para o PIB, eleições… Por mais desafiador que esse cenário pareça, os investidores estrangeiros não estão nem aí — nenhum desses desafios foi um empecilho para a entrada de capital externo na B3.

  • Desde o início do ano até a última quarta-feira, o saldo de capital externo na B3 chegou a R$ 71,063 bilhões, um recorde que superou até mesmo o número de todo o ano de 2021.

Quais são as armas de conquista do Brasil? 💋

Os investidores do exterior estão de olho no Brasil por ser um país com um mercado fortemente ligado às commodities, que dispararam com a guerra.

Outros pontos são o fato de as empresas brasileiras estarem baratas em relação às suas concorrentes globais e a ligação mínima do Brasil com Rússia e Ucrânia.

Como essa entrada impacta na sua vida: Um dos exemplos é o dólar. A entrada de investimento estrangeiro no Brasil tem feito a cotação da moeda cair — no início do ano, o dólar estava na casa dos R$ 5,60 e fechou a sexta-feira cotado a R$ 5,05.

O alerta… 🚨

Só tempo dirá quão especulativo é o capital que está entrando no nosso mercado — se não for fundamentado, ele pode ir embora voando.

Além disso, em contrapartida, o investidor local está fugindo da Bolsa por conta da alta de juros — os investidores pessoa física já retiraram R$ 16 bilhões da B3 em 2022.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar