Paulistas, larguem as máscaras

A volta do antigo normal. Ontem, o governo de São Paulo anunciou que não será mais obrigatório o uso de máscaras de proteção contra a COVID em lugares fechados.

Tem exceções? Como toda boa regra, sim. Os paulistas ainda terão que usar máscaras nos transportes públicos — e seus locais de acesso, como estações de metrô —, nos hospitais e nas unidades de saúde.

Como o decreto passou a valer imediatamente, se você mora em São Paulo — e se sente confortável sem a máscara —, já pode abandonar o acessório na hora de entrar na academia ou no shopping center.

A decisão foi baseada no índice de vacinação de São Paulo — 84% da população imunizada com duas doses ou a dose única —, bem como na queda progressiva do índice de transmissão da doença e da ocupação dos leitos de UTI.

A situação no Brasil como um todo:

No total, 17 unidades federativas já flexibilizaram o uso das máscaras, seja completamente, só ao ar livre ou a depender do percentual de vacinados de cada cidade. O Brasil deve estar livre do acessório nada estiloso por completo em breve.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar