O mundo fiscal da Disney vai ficar menos mágico

Flórida x Disney. A Câmara da Flórida aprovou, ontem, um projeto de lei que acaba com o status de autogoverno da Walt Disney Co., pondo fim às isenções fiscais dos famosos parques da empresa. 

Entendendo o caso… Há pouco tempo, foi sancionada uma lei na Flórida que limita a discussão de questões LGBTQI+ nas escolas. A Disney se opôs à lei, e, como não havia discussão sobre esse status até então, o movimento foi visto como uma “revanche”

Os impactos 🏰

Hoje, existe um distrito fiscal onde ficam os parques da Disney em Orlando. Com a mudança, ele deixará de existir e a empresa perderá sua isenção de impostos. 

  • Essa isenção é dada em troca da responsabilidade pela prestação de serviços públicos, como combater incêndios e manter energia, água e estradas.

Essa área é operada pela Disney há 55 anos e, agora, vai sobrar para os governos locais assumir esses serviços — para se ter uma ideia, em 2019, um projeto rodoviário nos arredores custou cerca de US$ 300 milhões, a maior parte paga pela Universal. 

O que acontece agora… Dada a relevância da empresa na região, acredita-se que isso não acabe aqui. Muitos advogados e idas aos tribunais devem ocorrer a partir de agora, mas a relação entre Flórida e Disney, de fato, perdeu um pouco da magia.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

DICAS

Eu ouvi sextou?

Já deu pra sentir aquele gostinho do final de semana chegando? Se ainda não bateu a animação, siga as nossas dicas