Com recorde de inflação, EUA eleva a taxa de juros 💸

A Bidenland está passando por maus bocados. O Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve — Banco Central dos EUA —, elevou a taxa de juros do país em 0,5 ponto percentual, para 1% ao ano

  • Se economia não é sua praia e 0,5% parece pouco, já adiantamos que essa é a maior alta do país em 22 anos.

A decisão ocorreu como tentativa de conter a inflação nos Estados Unidos, que já está no maior nível em mais de 40 anos e foi ainda mais prejudicada com a Guerra na Ucrânia.

Mas qual a relevância disso? O aumento da taxa de juros dos EUA impacta na economia de diversos outros países, incluindo o Brasil. Vamos explicar…

🌎 Tratando-se da maior economia do mundo, uma taxa mais alta pode causar uma desaceleração da atividade global.

🇧🇷 Com juros mais altos, os títulos do Tesouro americano ficam mais atraentes e os investidores tendem a colocar menos $$$ em países emergentes, como o Brasil.

💰 Menos dinheiro vindo de fora pode fazer o dólar subir e, consequentemente, deixar os produtos importados mais caros.

O que vem pela frente: Apesar de tudo, o discurso final do presidente do Banco Central americano aliviou os mercados. Ele afastou as chances de apertos maiores nos juros, reduzindo os temores de que esse cenário fosse intensificado.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ