Dias difíceis estão chegando pra Uber

Para consolar quem passa raiva com as corridas canceladas: a situação dos empregados da Uber está parecida com a sua ao chegar atrasado no trabalho pela falta de motoristas.

Percebendo um cenário de incertezas, o CEO da Uber afirmou que agora eles estão tratando a contratação como um “privilégio” e serão deliberados sobre quando e onde aumentar o número de funcionários.

Não é só a Uber… 👀

O comunicado da Uber acontece após a Meta anunciar que desaceleraria o crescimento de sua força de trabalho. Na mesma linha, os executivos da Amazon estão preocupados com o excesso de pessoal nos seus armazéns.

  • Além dos funcionários, as empresas estão mais cautelosas para expandir certos projetos e recuando em programas menos eficientes de marketing — o sonho de trabalhar em uma big tech fica pra próxima. risos.

Olhando o todo: Com os juros mais altos, que encarecem o crescimento dessas empresas, o mercado está mudando sua postura, sendo mais “severo” com empresas não lucrativas que estavam sendo vangloriadas pelo mercado. 

Quer saber mais sobre por que negócios que não lucram valem bilhões? Clique para se inscrever no the bizness e receber às 13:13. 💰

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ