Fim do estado de emergência em saúde pública no Brasil

Agora é oficial. Entrou em vigor, ontem, a portaria do governo federal determinando o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin), decretado em função da COVID-19.

  • A portaria foi assinada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em 22 de abril, e previa prazo de 30 dias para adequação dos estados e municípios.

À época, os dados indicavam uma queda de mais de 80% na média móvel de casos e óbitos pela COVID-19. Desde então, os casos voltaram a crescer, porém, segundo autoridades, a doença está gerando menos internações.

De acordo com o Ministério da Saúde, a decisão foi tomada pela melhora do quadro epidemiológico, elevada cobertura vacinal da população e capacidade de resposta e assistência do SUS a casos suspeitos e confirmados.

Impactos econômicos 💸 

Enquanto esteve em vigor, a emergência abria a possibilidade de envio extraordinário de verbas para estados e municípios, permitia a dispensa geral da licitação e o pagamento antecipado dos fornecedores do poder público.

  1. Resultado: As compras públicas voltadas ao combate da pandemia já somam mais de R$ 21,5 bilhões, sendo que, 80% desse valor foi contratado com base nessas leis emergenciais

Agora, os estados não deixarão de comprar os insumos de enfrentamento ao vírus, porém, terão que seguir os ritos tradicionais do processo de licitação — a facilidade para desviar verba vai diminuir. 

✈️ Falando nisso… Ontem, as companhias aéreas voltaram a oferecer serviço de bordo aos passageiros, depois de dois anos de suspensão em razão da pandemia. Saudades dos lanchinhos? 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

STORIES

Partilhar

Que amor tão grande Tem que ser vivido a todo instante A cada hora que eu tô longe é um

STORIES

Sentimento feliz

A Ana e o Bruno se conheceram na Alemanha. Ele estava no país pelo Ciências sem Fronteiras, enquanto ela tinha ido cursar toda a

CHAMPS

Do jeito que o povo gosta

A primeira perna de quase todos os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil aconteceram ontem e anteontem, com jogos bem

CHAMPS

Na corda bamba

Não está nada fácil. A seleção brasileira de vôlei masculino está passando por uma fase de altos e baixos. Se a expectativa

CHAMPS

A melhor etapa do ano

Após ficar de fora por dois anos do circuito mundial da WSL, o Brasil voltou a ser palco de uma etapa do

CHAMPS

Isolou?

A grande treta do ano na Fórmula 1 é o porpoising, que, em bom português, são aquelas quicadas que os monopostos dão