Como a ByteDance se tornou a startup mais valiosa do planeta? 💸

Uma aula de crescimento acelerado. No último ano, a companhia chegou ao incrível número de 1,9 bilhão de usuários ativos mensais em 150 países.

Não é à toa que a empresa chegou a um valuation próximo a US$ 357 bilhões — o que representa mais que a soma de outras grandes empresas de tech. Veja no gráfico:

Disclaimer: Os números são anteriores à queda brutal do Snap nesta semana. Imagina se pegássemos os números in real time… Atropelo total.

É verdade que a ByteDance não se resume somente a TikTok. A companhia produziu outros sucessos — um atrás do outro.

  • Um exemplo é o Toutiao: o aplicativo de notícias mais popular da China (320M de usuários ativos mensais), que representa 20% da receita publicitária da ByteDance.

Você provavelmente não fazia ideia disto: Entre 2018 e 2020, a empresa tinha pelo menos 140 aplicativos disponíveis — entre protótipos, testes e já validados. Clique se quiser aprofundar nas estratégias da companhia.

Mas o carro-chefe da empresa é ele, não tem jeito 💃🕺

Não tem como falar do nosso querido Tico-Teco… O app foi o mais baixado nos últimos cinco trimestres e já conta com +3 bilhões de downloads no mundo, número superado somente pelo conjunto dos apps da Meta.

Ele tem 1,6 bilhão de usuários ativos mensais e foi, simplesmente, o site mais visitado do mundo em 2021. A galera ama as dancinhas.

Muito mais que uma rede social

Você pode até curtir, comentar compartilhar… mas isso tudo está voltado para uma só atividade: assistir a vídeos. No final das contas, o TikTok é, também, uma plataforma de streaming.

  • Sim, a empresa é uma das maiores concorrentes da Netflix — afinal, ambas disputam a atenção do público.

Aliás, se compararmos as duas, a ByteDance dá um show e ainda sai rindo. Nos últimos quatro anos, a ByteDance passou de metade para o dobro da receita do primogênito do streaming.

Um modelo mais saudável… 🥑

Enquanto a Netflix investe em produções originais — e em compra de direitos —, o TikTok permite a qualquer usuário se tornar um produtor.

De um lado, a Netflix gasta bilhões na área de criação, do outro, a remuneração para os principais criadores é um trocado para a ByteDance:

“Ué, mas as tiktokers não ganham muito?” 💰

Ganham. Inclusive, as mais bem pagas ganham bem próximo ou até mais que grandes estrelas de Hollywood e CEOs das maiores empresas do mundo.

Então de onde vem todo esse dinheiro?

Aqui está o pulo do gato… O ecossistema do TikTok — e de todas as redes sociais — é autossustentável.

  • A verba repassada aos criadores é baixa, mas eles continuam produzindo conteúdo e ganhando com isso… por conta das marcas.

As marcas, que buscam a atenção das pessoas para vender, sustentam esses criadores, que fazem propagandas, as #publis, gerando vendas à marca anunciante em troca. Simples assim.

Onde o TikTok se diferencia aqui? Na capacidade de reter a atenção das pessoas. O app da Gen Z virou também dos millenials — e até da Geração X.

Pra fechar em uma frase? Money follows attention.

Quem retém atenção, retém poder, influência e dinheiro — simples assim. Pra se ter uma ideia, de tanto conseguir manter o usuário ativo, o próprio TikTok já rodou vídeos lembrando de fazer pausas para dar uma volta ou fazer um lanche.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ