Já se imaginou lucrando com Maiara e Maraísa?

Será possível. A plataforma TuneTraders está se juntando aos compositores da Tropa de Hitz e 608 para transformar grandes sucessos sertanejos em investimento

Como funciona? Trata-se da primeira grande tokenização de música no país. Quem comprar os tokens das músicas disponíveis vai receber um número de royalties autorais, ganhando parte das receitas de streaming da obra adquirida, por exemplo.

Além da dupla Maiara e Maraísa, fãs e investidores poderão lucrar com o desempenho de músicas de Zé Neto e Cristiano e Bruno e Marrone, por exemplo. 

  • Imagine escutar uma música e, além de curtir, pensar nela como uma ação listada no mercado. Em vez de “essa é boa”, vai virar “essa vai me dar dinheiro”. 

A plataforma funciona através do blockchain e visa facilitar o acesso e entendimento das pessoas a esse universo — que, para muitos, é um bicho de sete cabeças. 

Do lado dos artistas, essa é outra possibilidade de receita. Eles cedem parte dos royalties, mas, em troca, recebem uma quantia por isso.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

STORIES

Partilhar

Que amor tão grande Tem que ser vivido a todo instante A cada hora que eu tô longe é um

STORIES

Sentimento feliz

A Ana e o Bruno se conheceram na Alemanha. Ele estava no país pelo Ciências sem Fronteiras, enquanto ela tinha ido cursar toda a

CHAMPS

Do jeito que o povo gosta

A primeira perna de quase todos os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil aconteceram ontem e anteontem, com jogos bem

CHAMPS

Na corda bamba

Não está nada fácil. A seleção brasileira de vôlei masculino está passando por uma fase de altos e baixos. Se a expectativa

CHAMPS

A melhor etapa do ano

Após ficar de fora por dois anos do circuito mundial da WSL, o Brasil voltou a ser palco de uma etapa do

CHAMPS

Isolou?

A grande treta do ano na Fórmula 1 é o porpoising, que, em bom português, são aquelas quicadas que os monopostos dão