Clínicas particulares começam a aplicar vacina contra a COVID-19

A partir desta semana, clínicas particulares das capitais de todo o país já poderão aplicar a vacina AstraZeneca contra a COVID-19, depois da importação de dois milhões de doses pela fabricante.

  • Contexto: Desde o dia 22 de maio, o coronavírus deixou de ser uma emergência em saúde pública. Com isso, várias normas caíram ou foram revistas, facilitando essa disponibilização pelas clínicas privadas.

Anteriormente, a aquisição só seria permitida se as empresas doassem, pelo menos, 50% ao SUS, o que na prática inviabilizou o movimento do setor privado.

Quem pode se vacinar? Serão oferecidas vacinas apenas para pessoas acima dos 18 anos, que precisam completar o esquema vacinal ou que estejam se vacinando pela primeira vez. Há uma expectativa de alta procura.

💸 E o valor, dênius? O preço de venda na fábrica chega aos R$ 151 reais, porém, para o consumidor final, o custo deve variar entre R$ 300 e 350 reais.

Falando em COVID-19… 😷

Após reunião do Centro de Contingência do Coronavírus de SP, o estado voltou a recomendar o uso de máscaras em locais fechados. No entanto, a recomendação não tem caráter obrigatório — usa quem quiser.

Segundo o coordenador do grupo, Paulo Menezes, as internações aumentaram no estado, mas, por enquanto, sem reflexos no número de mortes.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilhões em jogo. Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmissão de energia, que podem arrecadar