Quanto álcool os brasileiros bebem? 🍻

A sexta-feira está chegando e talvez você já esteja pensando no que vai fazer nesse fim de semana. Se você faz parte dos 55% dos brasileiros que consomem bebidas alcoólicas, pode ser que seus planos envolvam álcool de alguma forma.

Seja uma feijoada com caipirinha ou aquela cervejinha do happy hour, pra fechar com chave de ouro sua intensa semana de trabalho, o álcool está muito presente na nossa sociedade — sem contar que, durante a pandemia, quase 20% dos brasileiros aumentaram seu consumo.

E esses dois exemplos — caipirinha e cerveja — não foram por acaso. Considerando que a caipirinha é de cachaça,essas são as duas bebidas mais consumidas no nosso país. Veja no gráfico o que os brasileiros mais gostam de beber:

O carro chefe 🍺

Não tinha como não ser a cerveja. E olha que os dados do gráfico são de 2018, para não considerarmos os efeitos da pandemia. Quando olhamos para 2020, foram consumidos quase 15 bilhões de litros da bebida por aqui.

Agora faz sentido a maior cervejaria do mundo ter surgido aqui. Você sabia que 1 em cada 4 cervejas vendidas no mundo é da AB InBev? Pois é… Só não vamos aprofundar mais no caso Ambev porque já fizemos isso aqui. Inclusive, pra quem perdeu, vale a leitura!

Ah, vale destacar que embora a cerveja lidere o ranking com folga, sua graduação alcoólica chega a ser 10 vezes menor do que a de outras bebidas, o que justifica tal diferença — o que não muda o fato dela ser a bebida mais consumida por aqui.

Ainda sobre cerveja… 🍻

Outro fato curioso que envolve nosso país é o preço da bebida por aqui. Nossa cerveja é relativamente barata, quando comparamos com outros países do mundo. Seu preço de venda, em mercados, gira em torno de US$ 2,54 por litro. Veja quanto esse mesmo litro custa em alguns outros países:

  • 🇺🇸 Estados Unidos: US$ 5,88
  • 🇨🇦 Canadá: US$ 5,54
  • 🇬🇧 Reino Unido: US$ 4,54
  • 🇯🇵 Japão: US$ 4,46
  • 🇫🇷 França: US$ 4,42
  • 🇮🇳 Índia: US$ 3,80

Para efeito de curiosidade… A cerveja mais cara do mundo (nos mercados) é a da Jordânia, cujo litro custa US$ 10,48.A mais barata, por outro lado, pode ser encontrada no Irã, sendo vendida a US$ 1,14 por litro.

O Brasil é o 65º colocado de uma lista de cerca de 100 países, quando o assunto é o preço do litro da cerveja em mercados. Quando analisamos o preço em restaurantes, somos o 72º colocado.

Falando sobre as outras bebidas… 🥃🍷🍸

Enquanto o mercado de cervejas movimenta quase R$ 200 bilhões por ano no Brasil, o de bebidas destiladas gira em torno de R$ 40 bilhões. A diferença é grande, o que não diminui a expressividade do segmento.

O destaque vai para a cachaça, bebida tradicional brasileira, criada no nosso país há quase 500 anos, que é muito forte por aqui e representa 70% do consumo de bebidas destiladas. Algumas das marcas mais relevantes do mercado são 51, Pitú, Velho Barreiro e Ypioca.

O papo tava bom, mas provavelmente você deveria estar trabalhando, e não pensando em beber. Então, vamos para as notícias, antes que esse texto te deixe com vontade de antecipar o happy hour desta semana. risos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ