Dá para começar um namoro online? 💘

O Dia dos Namorados está chegando. E o dêbiz está aqui para, quem sabe, te ajudar com isso. Hoje, vamos falar sobre essa data e o mercado de online dating. Vai que este conteúdo te ajuda a chegar no domingo tendo com quem comemorar? risos.

  • Esteja você prestes a curtir o fim de semana na sua própria companhia ou se preparando para responder perguntas como “onde vocês se conheceram?” e “há quanto tempo vocês estão juntos?”, aprender sobre bizness é sempre válido.

Assim como já falamos na edição do Dia das Mães, o principal objetivo de muitos dos feriados e datas comemorativas que temos é movimentar o mercado. É justamente por isso que comemoramos nosso Dia dos Namorados em uma data diferente do Valentine’s Day, celebrado mundialmente no dia 14 de fevereiro.

O Dia dos Namorados foi criado para melhorar o resultado das vendas em junho, que costumavam ser fracas. O 12º dia do mês foi escolhido por ser véspera da celebração de Santo Antônio — o santo casamenteiro.

Realmente, a economia agradece 🍽

O dia 12 de junho é o mais movimentado do ano para restaurantes. Se você namora ou conversou com alguém que está em um relacionamento, deve ter visto que não está fácil — nem barato — fazer reserva em algum restaurante legal.

Outro dado interessante é que os pombinhos pretendem investir bem mais nos presentes de seus parceiros. O Ticket médio deste ano será de 481 reais, contra 276 reais em 2021um aumento de cerca de 75%.

Os solteirões também queriam estar comprando presentes? 🎁

A busca por relacionamentos é intensa. Aplicativos como o Tinder transformaram a dinâmica dos relacionamentospara uma geração de solteiros. Conhecer pessoas online se tornou uma oportunidade atrativa para as pessoas procurarem seus pares.

Tanto é que, no ano passado, o mercado de serviços de relacionamento movimentou mais de US$ 8 bilhões ao redor do mundo. A maior parte dessa receita vem da categoria online dating — como dos aplicativos mais conhecidos, que falaremos daqui a pouco.

  • Neste ano, a expectativa é uma movimentação de quase US$ 9 bilhões, com destaque para os EUA, que deverão ser responsáveis por cerca de US$ 1,7 bilhões. No Brasil, o valor esperado é de US$ 200 milhões.

Em termos de número de usuários, o ranking é liderado pela Suécia, onde um quarto da população afirma usar serviços de namoro online. O segundo lugar, com quase o mesmo percentual, é o nosso querido Brasil. Veja no gráfico:

Os principais players do mercado

🔥 Tinder: O aplicativo de relacionamentos mais popular do mundo, usado mensalmente por 75 milhões de pessoas em mais de 190 países. No ano passado, o app, que pertence ao Match Group, gerou uma receita de US$ 1,65 bilhões.

  • 🇧🇷 No Brasil, considerando apenas o Tinder, estamos falando de 1 milhão de matches por dia. Pelo número de usuários, somos o terceiro país que mais usa o aplicativo, com 10 milhões de contas — o que nos deixa atrás apenas dos EUA e Reino Unido.

⭐️ Bumble: Funciona de forma muito parecida ao Tinder, com a diferença de que, em casais heterossexuais, as mulheres têm que ser as primeiras a enviar mensagem. Conta com mais de 40 milhões de usuários ativos e teve uma receita de mais de US$ 500 milhões em 2021.

🔗 Hinge: Aplicativo que afirma ser o único que enfatiza conexões de longo prazo entre usuários. Assim como o Tinder, pertence ao Match Group. Possui 20 milhões de usuários e sua receita foi de cerca de US$ 200 milhões no ano passado.

🏳️‍🌈 Grindr: App que tem como foco os públicos gays, bi, trans, queer e homens que se relacionam com outros homens. Conta com mais de 10 milhões de usuários e teve uma receita de US$ 150 milhões em 2021.

Voltando um pouco no texto… 🔙

Lembra quando falamos que esses apps transformaram a dinâmica dos relacionamentos? Não é exagero. São os dados que estão dizendo isso:

A maneira mais comum que os casais se conheciam era através de amigos. Mas, com a ascensão da internet, os canais online passaram a ser os maiores responsáveis por juntarem novos casais. Hoje, 4 em cada 10 casais americanos se conectaram através da internet. Será que o online vai continuar crescendo?

🧸 Independente de como (e com quem) você vai passar o Dia dos Namorados, tem uma coisa que não pode ficar de fora do seu domingo: Uma edição mais que especial do the stories, nosso caderno de histórias de amor. Clique para não perder.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ