Audiolivros no Spotify ūüďö

Agora vai dar pra ‚Äúler‚ÄĚ no volante.¬†O Spotify quer fazer dos audiolivros o pr√≥ximo pilar de seus neg√≥cios. Assim como no podcasting,¬†a plataforma espera jogar no novo ramo para vencer.

  • O lan√ßamento pode ter reflexo n√£o apenas no pr√≥prio Spotify, mas tamb√©m para a¬†ind√ļstria editorial¬†como um todo.

O primeiro passo é a aquisição da Findaway, plataforma de audiolivros que permite que os autores criem e monetizem o seu trabalho. Com o movimento, que deve ocorrer no final do ano, o Spotify pode conquistar o ecossistema de audiolivros.

Como vai funcionar?¬†Ainda n√£o est√° totalmente claro, mas parece que pelo menos alguns dos audiolivros ser√£o gratuitos. Segundo o chefe de conte√ļdo do Spotify, a plataforma pretende trazer¬†monetiza√ß√£o de an√ļncios¬†para eles.

Se for esse o caso,¬†ser√° uma grande mudan√ßa para as editoras.¬†Por um lado, milh√Ķes de novos ouvintes ser√£o expostos aos audiolivros, o que pode expandir o mercado. Por outro, o ganho por unidade seria menor, diminuindo as receitas.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

MUNDO

O G7 se reuniu e o foco foi a R√ļssia

N√£o esper√°vamos nada diferente.¬†O domingo dos l√≠deres do G7 ‚ÄĒ Alemanha, Canad√°, Estados Unidos, Fran√ßa, It√°lia, Jap√£o e Reino Unido

ECONOMIA

E vamos de leilão…

Muitos bilh√Ķes em jogo.¬†Nessa quinta-feira, a Aneel vai leiloar 13 lotes de linhas de transmiss√£o de energia, que podem arrecadar