A empresa que mais transformou pessoas comuns em designers 🎨

Simplesmente Canva. Para quem não conhece (o que é difícil), o Canva é uma ferramenta de design gráfico que permite criar artes para posts de redes sociais, apresentações, documentos e diversos outros conteúdos visuais — de forma muito fácil, sem a necessidade de ter conhecimento em design.

  • É claro que existem soluções mais profissionais e melhores, mas, para quem não domina outras ferramentas mais complexas ou precisa de algo mais simples, o Canvinha quebra um baita galho.

O Canva foi criado pela empreendera australiana Melanie Perkins, há 10 anos. Desde então, conquistou dezenas de milhões de usuários e tornou-se uma das startups mais valiosas do mundo. Mas esse sucesso estrondoso não veio do nada. Antes de entrarmos na história, veja como foi o crescimento de usuários da empresa:

A pequena Melanie começou cedo 👧🏻

Com apenas 14 anos, a garota fazia lenços à mão e vendia para lojas e mercados de sua cidade (Perth, na Austrália). O espírito empreendedor já habitava na jovem menina.

Algum tempo depois, em 2007, com 22 anos e estudando na University of Western Australia, Perkins criou seu segundo negócio junto a Cliff Obrecht, seu atual marido: Um sistema online chamado Fusion Books para escolas criarem seus anuários — sabe aqueles registros que vemos em filmes americanos com a foto de cada aluno?

Mas… De onde surgiu essa ideia? 💡

Perkins era tutora de alunos de design gráfico, e percebeu que muitos deles tinham dificuldade para aprender a usar programas como o Photoshop. Desde então ela já percebeu que podia ser mais fácil.

A empresa deu tão certo que Perkins abandonou a faculdade e em 5 anos a Fusion Books — que existe até hoje — superou toda a concorrência e se tornou o fornecedor de anuários mais popular da Austrália.

E não parou por aí 🚀

Esse negócio era a sementinha de sua terceira empresa, fundada em 2013 com Obrecht como cofundador. A ideia era fazer um negócio que permitisse qualquer pessoa criar designs de qualidade profissional, mesmo sem conhecimento na área. Sim, essa empresa é o Canva.

Antes de você achar que foi fácil, vale destacar que, no ano anterior, Perkins ouviu “não” de mais de 100 investidores e teve que fazer algumas viagens ao Vale do Silício para arrecadar o capital necessário para começar a empresa, de US$ 3 milhões.

Com o lançamento do Canva, o negócio logo se mostrou lucrativo por meio de um modelo de assinatura para o serviço premium. A lista de investidores começou a crescer rapidamente.

Assim como a empresa… 💸

  • Em março de 2013, o Canva captou outros US$ 3 milhões. No final do ano, já contava com 750 mil usuários;
  • Em 2015, levantou US$ 15 milhões em sua rodada Series A, sendo avaliado em mais de US$ 150 milhões;
  • Em 2016, arrecadou mais U$ 15 milhões na Series B, só que agora com uma avaliação de quase US$ 350 milhões.
  • Em 2018, na rodada Series C, o Canva ganhou o status de unicórnio, ao captar US$ 40 milhões que avaliaram a startup em US$ 1 bilhão.

Após mais algumas captações, hoje a empresa é um dos maiores unicórnios do mundo, com um valor de mercado de US$ 40 bilhões. Desde seu início, já foram quase US$ 600 milhões captados.

Para você ter uma ideia, 85% das empresas da Fortune 500 — lista anual das maiores empresas dos EUA em faturamento — usam o Canva, tornando-se uma das ferramentas de design gráfico mais usadas do mercado.

Algumas curiosidades que vão te surpreender…

Canva: Perth duo Melanie Perkins and Cliff Obrecht discuss plans for their $55 billion company | The West Australian
(Foto: Melanie Perkins e Cliff Obrecht | The West Australian – Reprodução)

👩‍💼 O Canva é o maior unicórnio liderado por mulheres do mundo;

🙋‍♀️ Até hoje, Perkins faz pessoalmente o onboarding de todas as novas contratações;

🤝 Todos os funcionários têm a oportunidade de se tornarem sócios do negócio — 5% da empresa é destinada a stock option;

🆓 O Canva oferece seu serviço premium de forma gratuita para organizações sem fins lucrativos, professores e universitários;

💍 O anel de noivado de Perkis e Obrecht custou apenas 30 dólares;

💰 O casal anunciou que vai doar 30% das ações do Canva para combater a pobreza, o equivalente a US$ 12 bilhões. Detalhe: Eles têm 31% da empresa, ou seja, ficarão com “apenas” 1% para eles.

“Eu tenho uma crença muito otimista de que existe dinheiro e boa vontade suficientes no mundo para resolver todos os problemas do mundo.” – Melanie Perkins

Para finalizar, esse foi o 2021 do Canva em números:

Surpreendente, né? Esse case nos mostra como uma solução criativa que simplifica uma dor comum e latente do mercado pode conquistar o mundo.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ