Nada como usar uma data que todos gostam pra fazer marketing

4th of July. A data de ontem é, possivelmente, a mais comemorada nos EUA e a mais importante para muitos dos americanos. E é claro que as empresas não deixam passar batido.

Já é tradição elas construírem campanhas em volta do dia — para aumentar as vendas ou trabalhar a marca. E alguns cases chamam a atenção…

Em 2021, a Budweiser chamou o ator Bill Pullman para remontar o famoso discurso da cena que estrelou no clássico filme Independece Day — mas dessa vez, americanos se unindo para combater a pandemia, em vez de alienígenas.

  • Aproveitando o timing, a parceria trouxe, com um tom irônico, mas desafiador, a pauta da luta da nação em sua luta contra o COVID-19.

Tudo isso fazia parte de um esforço da Anheuser-Busch, fabricante da Bud, com a Casa Branca, com o objetivo de promover a vacinação da maioria da população até 4 de julho.

A parte que você deve se recordar: A marca ainda se comprometeu a comprar uma rodada de cerveja para cada americano com 21 anos ou mais

O interessante é reparar em como a ação é redondinha. O ciclo é fechado e todo conectado…

Desde a parte de aproveitar o timing do maior feriado dos EUA, passando por pegar o gancho de uma clássica cena do cinema até, simplesmente, fechar parceria com a Casa Branca em uma pauta super comentada.

COMPARTILHE

um MBA em forma de e-mail

sua dose de conteúdo sobre os assuntos mais relevantes do mundo dos negócios. análises números e insights.

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

“Crédito ou Débito?”

(Imagem: Giphy | Reprodução) Crédito. Essa parece ser a resposta preferida dos americanos. O inimigo das finanças pessoais está de