Uma onda de renúncias na Europa?

Boris Johnson fez escola. O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, formalizou ontem um pedido de renúncia do cargo, a exemplo do que seu semelhante inglês fez na semana passada. 

  • Só que o presidente do país simplesmente rejeitou o pedido e o aconselhou a se apresentar ao Parlamento, para melhor entender sua situação política.

O que está acontecendo? Mario Draghi perdeu apoio do principal partido da sua base de governo, o Movimento 5 Estrelas, que boicotou uma das votações dos pacotes propostos por ele, desencadeando a crise. 

O boicote. O premiê propôs medidas para conter o impacto da inflação e apresentou um projeto para a construção de um incinerador de lixo. Fazendo críticas às propostas, o partido discordou do italiano.

  • A realidade é que Draghi não precisa do apoio do partido para se manter no poder, porque tem ampla maioria no parlamento. Mas, para o político, não faz sentido ser premiê sem o apoio do M5E.

A crise está instaurada na terra da pizza e a situação terá que ser bem costurada. Ao contrário do que aconteceu no Reino Unido, a maioria dos italianos quer continuar com a liderança do primeiro-ministro. Mais discreto, né? risos.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

“Crédito ou Débito?”

(Imagem: Giphy | Reprodução) Crédito. Essa parece ser a resposta preferida dos americanos. O inimigo das finanças pessoais está de