Sua Majestade, a Rainha Marta

No país do futebol, ela é rainha. A história da maior jogadora do nosso futebol é bastante brasileira, cheia de dificuldades, trabalho e encantamento por meio do que faz de melhor.

Marta venceu simplesmente seis vezes o prêmio de melhor jogadora do mundo, sendo, ainda, a maior artilheira de Copas do Mundo, com 17 gols, e a maior das seleções brasileiras, com 117.

Mas sua história é muito maior que seus feitos. Natural do interior de Alagoas, ela sempre foi apaixonada por futebol e teve que passar por cima de todo o preconceito e críticas discriminatórias dentro das quatro linhas.

  • Com muita superação, ela ajudava a família vendendo produtos da feira da regiãoroupas e sacolés. De pouco a pouco, conseguiu juntar dinheiro para ir ao Rio de Janeiro, aos 14 anos, tentar a sorte no futebol.

Fez dois testes, um no Fluminense e outro no Vasco, local em que começou a jogar. Passou por três anos no Gigante da Colina, antes de ser negociada com o Umeå IK, onde começou a se destacar para o mundo.

Em sua carreira, foram 8 clubes defendidos além da seleção, empilhando títulos e artilharias. Apesar de muito destaque ao redor do mundo, foi na Seleção e no Santos que ela teve os seus maiores títulos no futebol.

Um grande legado fora de campo… 📣

Sua história e peso para o futebol brasileiro foram reconhecidos pelo Maracanã, que a fez a primeira mulher a ter a marca dos seus pés no museu do estádio. Ela recebeu a honraria após a sexta conquista de melhor do mundoda FIFA.

Ainda foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade da ONU para meninas no esporte. Seu exemplo de superação desde a infância é inspiração para as novas gerações e símbolo da luta por igualdade de gênero

COMPARTILHE

campeão é quem ama esporte

sua dose sobre o que acontece no mundo dos esportes. análises rápidas e descontraídas. sem clubismo, claro.

INDICADOS PARA VOCÊ

CHAMPS

Muito futebol na sua semana

O mais disputado Brasileirão dos últimos tempos está chegando aos seus momentos decisivos. No momento em que os times da ponta

CHAMPS

Já estava com saudades, né?

Alguns campeonatos nacionais na Europa voltaram no último final de semana. Como o clima de Copa está batendo na porta, a

CHAMPS

Sem pescoço pelado

Antes de chegar ao Canadá para disputar o Mundial de Canoagem, Isaquias Queiroz prometeu que não voltaria ao Brasil de “pescoço

CHAMPS

Ganhar é bom…

Mas ganhar da Argentina é muito melhor. A Seleção Brasileira de basquete feminino venceu a final do Sul-Americano sobre as hermanas, na casa

CHAMPS

O camarada deu o Fogudo em garantia

Calma, vamos explicar. O empresário e atual dono do Botafogo, John Textor, anunciou que, para comprar 66% das ações do Lyon, era preciso pegar