A menor taxa de inflação nos últimos 2 anos

Desde o Plano Real, nunca se falou tanto de inflação quanto neste ano. Acostumado com as altas taxas do crescimento generalizado dos preços, o Brasil tenta se virar com o que tem — e está conseguindo melhorar

  • O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o famoso IPCA, que é um dos indicativos da inflação no país, desacelerou para 0,13% em julho, a menor variação mensal em dois anos

As causas: A melhora dos números aconteceu pela redução nas alíquotas do ICMS nos combustíveis, energia elétrica e comunicações, o que diminuiu um pouco os gastos do consumidor. Você agradeceu quando foi abastecer. 

Mas tem produtos mais caros… O grupo de alimentação e bebidas foi o que teve maior aumento nos preços em julho, com destaque para a alta de mais de 22% do leite longa vida. Não está fácil. 

E a bolsa já voltou para baixo dos 100 mil pontos… 📉

O investidor que se animou na segunda-feira com o maior fechamento da bolsa desde o dia 8 de julho, ficou um pouco menos contente ontem, com o Ibovespa fechando em queda de 0,62%ficando em 99.946 pontos

  • O índice da bolsa brasileira acompanhou os mercados internacionais, que tiveram uma série de recuos. Destaque para as baixas de 1,16% do S&P 500 e de 1,87% da Nasdaq.

👀 What to watch: O Banco Central americano divulgará, hoje, decisão monetária sobre os juros no país, algo que impacta apenas o mundo todo.

COMPARTILHE

mais inteligente em 5 minutos

tudo que você precisa saber pra começar seu dia bem e informado

INDICADOS PARA VOCÊ

BIZNESS

“Crédito ou Débito?”

(Imagem: Giphy | Reprodução) Crédito. Essa parece ser a resposta preferida dos americanos. O inimigo das finanças pessoais está de